quarta-feira, novembro 13

Lançamento do white paper da Libra, a criptomoeda do Facebook

Conforme previsto e anunciado aqui, o Facebook lançou nesta terça-feira (18) o white paper de seu tão aguardado projeto de infraestrutura financeira baseada em criptomoeda e blockchain. A nova criptomoeda, que tem o objetivo de tornar a transferência de valores tão simples como o envio de uma mensagem de texto, deverá entrar em funcionamento em 2020.

Parceiros da Libra
Membros Fundadores da Libra Association. Fonte: Calibra

O white paper destaca que “a missão da Libra é permitir uma moeda global e uma infra-estrutura financeira que fortaleçam bilhões de pessoas”. A criptomoeda será construída na Libra Blockchain e será lastreada por um conjunto de ativos de baixa volatilidade, como depósitos bancários e títulos públicos de curto prazo em moedas de bancos centrais estáveis e de boa reputação.

A Libra Blockchain

A Libra Blockchain foi criada com código aberto – projetado para que diversas pessoas possam desenvolvê-lo e utilizá-lo para suas necessidades financeiras.

Similar a outras Blockchains, a Libra opera com pseudônimos e permite que os usuários mantenham um ou mais endereços não vinculados à sua identidade real. Mas diferente da visão da blockchain como um conjunto de blocos de transações, a  Libra Blockchain se apresenta como uma única estrutura de dados que registra o histórico das transações e dos estados, o que permite a leitura de qualquer dado em qualquer ponto no tempo e a verificação da integridade desses dados usando uma estrutura unificada.

A Associação Libra será responsável pela avaliação de novas técnicas que aumentam a privacidade na blockchain, além de considerar questões relativas à praticidade, escalabilidade e impacto regulamentar.

Envio de dinheiro através do Messenger
Envio de dinheiro através do Facebook Messenger. (calibra.com)

Meio de pagamento

A Libra será usada para pagamentos pessoa-para-pessoa, comércio (on-line e físico), aplicativos e jogos. O White Paper da Libra afirma que:

O mundo precisa de uma moeda digital confiável e infraestrutura que, juntos, possam cumprir a promessa da “internet do dinheiro”.

Diferente de outras iniciativas que já surgiram como um sistema de dinheiro eletrônico de pessoa-para-pessoa, o Facebook conta com seus 2,4 bilhão de usuários para popularizar as moedas eletrônicas, a sua em especial. E, de outro lado, conta com parceiros como Visa, Mastercard, eBay, Uber e MercadoPago.

Além disso, a Libra foi desenvolvida para ser uma stablecoin – uma moeda virtual que possui um valor estável e não flutua de acordo com a especulação, como ocorre com outras criptomoedas, como o bitcoin e a ethereum, marcadas pela volatilidade. A empresa espera que isso ajude os usuários a  converter moedas locais, como o real e o dólar, em Libras, que poderão ser usadas em transferências e pagamentos.

O Facebook  anunciou também o lançamento de uma subsidiária independente chamada Calibra, que será responsável por criar serviços que possam facilitar as transações com a criptomoeda, funcionando como carteira virtual para as moedas. O site da Calibra já está no ar e afirma que a moeda poderá ser usada diretamente nos aplicativos WhatsApp e Facebook Messenger, mostrando que o Facebook pretende desbloquear uma nova era de comércio e pagamentos para as redes sociais. A moeda poderá ser usada, também, para “transações diárias, como comprar um café, ir ao supermercado ou pegar um transporte público”.  

Imagem da Tela da Calibra apresentada no site calibra.com

A Libra Association

A Libra será administrada por uma organização de membros independentes e sem fins lucrativos – a “Libra Association”, com sede em Genebra, na Suíça. Cada Membro Fundador administra um dos nós validadores que compõem a rede que opera a Libra Blockchain.

A associação foi criada com a função de promover a evolução e a escala da rede e da reserva, além de liderar um programa de subsídios de impacto social que apoia esforços de inclusão financeira em todo o mundo.

Entre as empresas que fazem parte da iniciativa e oferecerão serviços para a Libra, estão empresas populares como Booking.com, eBay, Mercado Pago, Spotify e Uber, e as empresas de pagamento como Mastercard, Paypal, PayU, Stripe e Visa, que também trabalham na criação de ferramentas para facilitar as transações com a criptomoeda.

Confira o white paper oficial da Libra aqui.

About Author