O Conceito de Estoque e Fluxo aplicado às Mídias Sociais

Em 2010, Robin Sloan traçou um paralelo muito interessante entre o conceito de Estoque e Fluxo, utilizado na área de economia, e sua factibilidade nas mídias sociais. A ideia é simples, porém muito pertinente ainda hoje, quatro anos depois.

As bases do Estoque e Fluxo são as seguintes:

  • Fluxo é o feed de notícias. São os tweets, os posts, as fotos. São as atualizações diárias que fazem as pessoas se sentirem conectados a você.
  • Estoque é o que dura, o que se mantém mesmo com o passar do tempo. É aquele conteúdo que continua pertinente mesmo depois de meses ou anos. É a base sólida para ganhar seguidores de forma constante (ainda que lenta).

6899108973_69d7abb99e_b

Muitas vezes as pessoas e empresas erram ao gerenciar suas mídias sociais por investir demais no Fluxo e deixar o Estoque de lado. Um Fluxo constante porém vazio vai afastar as pessoas, pois elas não querem apenas saber da sua rotina: elas querem conteúdo.

Uma boa maneira de manter um Fluxo ativo e interessante é ser consistente com as postagens, equilibrar temas pessoais com os de trabalho, e escolher bem suas redes sociais. Vejamos cada um desses tópicos com maior detalhe:

  • Consistência com as postagens: Se seu objetivo é conquistar seguidores e leitores escrever “só quando a inspiração vem” é um erro. É necessário ser consistente e organizar uma agenda de posts. Comece aos poucos com um post por semana, e deixe claro aos seus seguidores que haverá essa constância, assim eles saberão que podem contar com suas publicações. Se você tem muito a dizer, espalhe seus posts de maneira uniforme. Não adianta escrever dez tweets na segunda-feira e ficar sem escrever nada até o sábado. É melhor um tweet ao dia do que deixar espaços tão grandes entre atualizações.
  • Equilíbrio entre vida pessoal e trabalho: As marcas que fazem mais sucesso nas redes socais são aquelas que, por maiores que sejam, fazem as pessoas sentirem uma conexão pessoal com elas. Respondem tweets, fazem perguntas, fazem piada (de si mesmas, inclusive). Esse mesmo approach vale para você. Sim, as pessoas começaram a te seguir porque se interessam pelo seu conteúdo (seu Estoque), mas de vez em quando elas também querem saber sobre sua vida. Saber estabilizar ambas áreas é fundamental e até mais divertido.
  • Escolha das redes sociais: Já falamos sobre isso algumas vezes aqui no GdC. Saber qual plataforma se adapta melhor às suas necessidades e objetivos é o primeiro passo para o sucesso nas mídias sociais. E é melhor ter apenas Twitter e Facebook com Fluxo consistente (se, por exemplo, esses meios forem os que melhor funcionam para você) do que 5 redes socais “abandonadas”.

6096320611_075a0f3436_b

Existem pessoas com o problema oposto: elas possuem um excesso de Estoque porém não conseguem manter o Fluxo, perdendo notoriedade. Para esses casos, a solução de contratar os serviços de um Community Manager ou de uma empresa responsável pelo seu Marketing Digital pode ser a solução. É claro que não todos tem o capital necessário para isso, mas não deixa de ser uma alternativa.

Se você ou sua empresa estão em desequilíbrio com o Fluxo e o Estoque nas mídias sociais, trace um plano de ação e verá que com o tempo os resultados irão aparecer. Lembrando sempre que: Fluxo é efêmero, Estoque é concreto. O balanço entre ambos é o caminho para o sucesso.

Imagem 01
Imagem 02