Como Fazer Uma Auditoria de Mídias Sociais – Parte 3

Auditoria de Mídias Sociais - objetivos

E última! Nos dois artigos anteriores, mostramos como analisar a presença da marca e dos seus concorrentes nas redes sociais. No entanto, analisar não chega.

De uma análise tão pormenorizada como a que se espera de uma auditoria de mídias sociais vão sair dados suficientes para você ter uma ideia da performance atual da marca nessas plataformas e que pontos podem ser melhorados. O próximo passo é, por isso, desenhar um plano de ação, tendo em conta os objetivos da marca nas diferentes redes sociais.

E nenhum objetivo deve ser considerado como tal se você não o conseguir medir. Tenha em conta alguns dos que sugerimos ou os combine com outros objetivos da marca:

Crescimento do número de seguidores ou fãs – você pode monitorar esses valores da maneira mais old school, anotando o número de seguidores da marca nas diferentes redes sociais no dia de hoje e passada uma semana, um mês ou um ano. Mas é claro que pode optar por ferramentas que automatizam esse processo e que, geralmente, dão a possibilidade de gerar relatórios completos e com um ótimo aspecto visual.

Aumento do engajamento – monitorar o crescimento dessa métrica se torna muito mais simples com uma ferramenta como o Facebook Insights, o Twitter Analytics, o Google Analytics, o KISS Metrics ou o Rival IQ. Você o pode fazer manualmente, mas a quantidade de dados pode ser gigantesca, para não falar que cada rede social pode ter as suas próprias métrias de engajamento. Por exemplo, no Facebook é importante analisar curtidas e comentários, enquanto que no Twitter você deve estar atento às menções ou respostas a tweets.

Criação de conteúdo com melhor performance – para conseguir alcançar esse objetivo, é necessário monitorar qual o tipo de conteúdo – texto, vídeo, imagem – que mais agrada aos seguidores da marca e aos algoritmos. Não deixe de fora dessa análise as categorias de conteúdo, ou seja, os temas que cada um dos posts ou artigos aborda. Para ambos os casos, é possível que a fórmula que resulta para uma rede social não resulte para outra.

Para além do número de seguidores, do engajamento e das reações a cada tipo de conteúdo, existem outras métricas que vale a pena monitorar, como:

  • Tráfego para o site, a partir das redes sociais
  • Taxa de cliques
  • Alcance das publicações
  • A influencia social da marca

Após concluir a auditoria de mídias sociais e a definição de objetivos, você está pronto para apresentar um plano de ação fundamentado, que pode começar pela alteração dos perfis em cada rede social e terminar numa estratégia elaborada de conteúdo.
Seja como for, nunca se esqueça que uma auditoria de redes sociais não é uma ação isolada e deve ser realizada periodicamente. Assim como um plano de ação não pode ser rígido e deve conseguir adaptar-se a qualquer alteração na estratégia de comunicação da empresa ou a mudanças significativas na empresa ou no mercado em que ela se insere.

 

Imagem