6 Dicas para ser um Community Manager melhor (e mais feliz)

img01

1- Seja positivo. Tente se comunicar com os clientes em um nível emocional, em vez de concentrar-se apenas nos produtos em questão. Manter a jovialidade, vendo sempre o lado positivo das coisas e evitando atritos ajuda muito. Além de trazer mais serenidade à sua vida pessoal, faz também com que os clientes enxerguem sua marca como alguém que se preocupa com eles, criando dessa forma um carinho e admiração que vão além dos produtos oferecidos.

img02

2- Fique offline. O tempo que você passa desconectado é tão importante quanto os momentos em que o smartphone está sempre ao alcance da mão. Separe um momento do dia para estar com amigos e família e longe do celular. Assista um filme sem estar de olho nas atualizações das comunidades as quais gerencia a cada 15 minutos. Esse tempo para si mesmo fará com que suas ideias se renovem.

img03

3- Interaja com pessoas de verdade. Pode parecer algo óbvio, mas a verdade é que hoje em dia a interação interpessoal diminuiu muito. Estamos sempre falando com pessoas nas redes sociais, porém socializar com pessoas reais é cada vez menos comum. Trabalhar esse lado comunicacional e conversar cara a cara com amigos e desconhecidos vai fazer com que seu trabalho de gestão de comunidades pareça mais fácil, e o diálogo com clientes também irá melhorar.

img04

4- Seja criativo, desenvolvendo conteúdos honestos mas que chamem a atenção dos seus seguidores e potenciais clientes. Aborde temas que despertem o interesse das pessoas e que possam gerar conversas e discussões. Um dos melhores jeitos de ativar a criatividade é parar o que se está fazendo e fazer uma atividade completamente diferente e agradável. Saia para dar uma caminhada, dê carinho ao seu cão ou gato, brinque com uma criança, cozinhe algo rápido e gostoso, escute uma música que te faça feliz…As possibilidades são inúmeras, e as chances de ter uma ótima ideia ou de encontrar a solução para aquele problema durante esse tempo em “off” são grandes.

img05

5- Tenha metas definidas. Saber aonde quer chegar com determinada marca ou produto nas mídias sociais é fundamental na hora de gerenciar comunidades. Forme planos de ação e priorize qualidade ao invés de quantidade. Ter muitos seguidores numa comunidade silenciosa é pior do que ter poucos seguidores numa comunidade participativa e engajada. Publique conteúdo que cative as pessoas e verá como a comunidade cresce.

img06

6- Aceite que haverá erros. É impossível acertar sempre, e é preciso estar conforme com o fato de que as vezes as coisas saem do seu controle e dão errado. Em vez de deixar a frustação tomar conta, analise as razões pelas quais aconteceu e aprenda dos seus erros. Assim como aprender dos erros, admitir que errou também é algo que vai ajudar a superar mais rápido essa pedra no caminho. Inclusive será positivo para seus seguidores e clientes ver o erro sendo admitido, pois passa humanidade ao perfil da sua marca ou empresa.

 
Créditos imagens:
Foto 01
Foto 02
Foto 03
Foto 04
Foto 05
Foto 06
Foto 07